29 de jul de 2010

Nada ficou no lugar…

mulher

Essa noite jurei pra mim mesma que não iria pensar em você, me prometi com todas as minhas palavras…

Mas não adiantou, por que quando eu te vejo isso acontece comigo? Por que meu estômago dá voltas e sinto aquele calafrio no pé da barriga quando meus olhos encontram os teus?

Queria poder entender…

Queria saber por que esse amor que rejeitei ainda me assombra, por que essa históriaainda me atormenta.

E pra acabar de acertar cheguei em casa, liguei o rádio na esperança de escutar algo que me animasse…

e escutei Adriana calcanhoto cantando MENTIRAS…

“…Que é pra ver se você volta,
Que é pra ver se você vem,
Que é pra ver se você olha,
Pra mim...

Nada ficou no lugar
Eu quero entregar suas mentiras
Eu vou invadir sua aula
Queria falar sua língua...”

Será que nunca vou me livrar desse amor?

Séra que vou pra sempre sofrer?

Pedi ao mar pra me ajudar, me ensinar a te esquecer, ele me repondeu que isso so o amigo tempo podia fazer!

Um comentário:

  1. Há sempre novos amores a descobrir...
    porém sempre queremos aquele que ficou no meio do caminho, amor-mistério...
    Bjos!

    ResponderExcluir