6 de ago de 2010

mulher chorando

Um véu rasgado diante meus olhos...
Uma tempestade turbulenta a em minha volta...
No anseio do crepúsculo se desespera minha alma...
Calafrios aguçam minha pele...
A tormenta me envolve em seus lençóis...
Meu fracasso diante minha vida...
Minha vitória em suas mãos...
Poder ou ousadia?
Os céus me conduzem...
As luzes ainda estão aqui...
Os ventos ainda me seduzem...
E as flores me trazem sua imagem...
O sereno me cobre a noite...
A chuva me rega o amor...
As estrelas me cortejam...
O sol me aquece aos poucos...
Um morno chega até meus lábios...
Minhas vestes...
Meus pés cansados...
Minhas mãos fartas...
Meu corpo de parte ao meio...
Meus olhos, uma ilusão no tempo...
Meu medo...

                                                 Diana Telles

3 comentários:

  1. Quantas sensações num poema só...
    Belo!!

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Ela é muito boa... uma escritora e tanto, me orgulho muito em ser amiga dela! Escreve muito bem!

    ResponderExcluir
  3. Que isso menina não sou tudo isso, sou apenas o que vocês me ajudam a ser... Eu sou feliz por ter pessoas como você em minha vida !!!

    ResponderExcluir